Histórico da Igreja Luterana em Campo Grande

 

    O Departamento de Missão da IELB em viagens de exploração pelo interior do Brasil, tendo consigo alguns contatos/endereços fornecidos pela organização conhecida como "Hora Luterana", que mantém programas de rádio e fornece cursos bíblicos, recomendou Campo Grande como um local para ser sede do início de um trabalho missionário, com base de apoio via Distrito Brasil-Centro da IELB com sede em SP.
    Jul/69  

    Procedentes de São Paulo, capital, onde estavam fazendo curso de conversação em Português, e ambientação à cultura brasileira, recebendo uma Rural Willys (perua), especialmente comprada pela IELB, para a Missão em Campo Grande, o pastor norte- americano Robert Louis Alsleben, a esposa Wanda e o filho Stevan, viajaram nela até esta cidade. Alugaram a segunda casa existente à direita, seguindo do centro para o leste, pela Av. Afonso Pena, logo após o Obelisco da Rua Antônio João.
    No mesmo período, foi comprado, com ajuda de amigos luteranos dos EUA, um lote no Bairro Universitário, sendo que as prestações competiriam ser assumidas, dentro da medida do possível, pela própria entidade mantenedora da escola a ser criada.

    Jan/70
    Em janeiro, a Convenção Nacional da IELB, foi sediada no instituto Concórdia de Campo Limpo, na Capital paulista (praticamente desconhecido pelos demais obreiros da IELB, que na maioria eram formados no Seminário Concórdia de Porto Alegre, RS).
    Em reunião com o então Presidente da IELB, Rev. Elmer Reimnitz; Secretário de Missão, Rev. Aloísio Hoffmann; o Rev. Robert Louis Alsleben e o prof. sinodal, Erno Oscar Koller, quando foi acertado o envio e comissionamento para Campo Grande do prof. em referência, que possuia curso Norma de 2° Grau e as disciplinas complementares correspondentes concluídas no Seminário Concórdia, de Porto Alegre, RS, para dirigir e lecionar na Escola Missionária no Bairro Universitário de Campo Grande, MT, hoje, MS.

 

 
1