Dali mesmo, o professor acondicionou uma maleta de roupa dentro da "camioneta rural" tendo o pastor Robert como único motorista, pois só pelo caminho ele lembrou de perguntar se o recém-formado professor tinha a Carteira Nacional de Habilitação de motorista; ao ouvir a respos­ta... imaginem o olhar de desolação! Mas o pastor não esmorecia fácil e tinha bom humor; aproveitou a viagem para relatar as suas idéias missionárias para a paróquia de Campo Grande.
    Ele concebia que construir grandes igrejas, que permaneciam vazi­as durante a semana, era um desperdício. Por isso, melhor seria construir salas a serem aproveitadas em múltiplas atividades e cultos em postos extremos da cidade. Enfim, querer salvar o homem apenas espiritualmente, era uma ação incompleta e por isso a educação e o serviço social deviam completar esta obra.
    Chegando no entroncamento o pastor Robert resolveu visitar a Congregação Evangélica Luterana "Cristo", em Dourados, para mostrar o seu trabalho; a Missão Caiuá, da Igreja Presbiteriana e o trabalho missionário do Rev. Ari Thoma, em Ponta Porã.
    A sugestão do prof. Erno, da criação do Instituto Vocacional de Campo Grande (IVOCE), espelhado nos estatutos do Instituto Vocacional Luterano de Sarandi, RS, onde o prof. Erno trabalhou, englobava exatamente o sonho missionário do pastor Robert.
    O primeiro contato do prof. Erno com o imóvel reservado para funcionamento da escola, no Bairro Universitário, foi inesperado. Cedo pela manhã, o pastor e o professor, descendo de Rural Willys pela Av. Afonso Pena, dobrando a esquerda, tomando a saída para São Paulo, andando pela Av. Pandiá Calógeras. depois do cemitério era pista única (apesar que à esquerda deste trecho até a passagem dos trilhos de trem. estava iniciando uma demolição de grandes proporções para a época, que bem mais tarde resultaria em outra pista).

    Seguiram viagem, passando pelo local onde mais tarde surgiu o "drive in'' e após o atual estádio e viaduto da Cidade Universitária, à esquerda, próximo da BR. um missionário evangélico construiu um salão para realizar um trabalho entre os universitários, de grande relevância. Mas este projeto, parece, nunca ter chegado a um esplendor. Mais além, ficava a  pequena Vila Olinda, com a última escolinha (municipal) da periferia.   

 
2